Serviços Online
Clique aqui! Venda do material - SAS 2018
Natal, 14 de Dezembro de 2017

ESPIRITUALIDADE

Congregação das Filhas de Sant’Ana

As Filhas de Sant’Ana atuam nos setores da saúde, educação, promoção humana, pastoral e missionariedade e foram fundadas por Madre Rosa Gattorno.

Rosa Gattono nasceu em 14 de outubro de 1831 em Genova – Itália, ainda pequena mostrou-se inclinada para a caridade, viveu em um tempo de bastantes conflitos políticos na Itália, isso fez dela uma mulher sempre próxima aos clamores dos pobres e sofredores. Casou-secom Girolano Custo e teve três filhos, essa sua materna experiência foi crucial para futuramente assumir sua missão de mãe de tantos homens e mulheres que precisavam sentir o amor misericordioso de Deus.

Sendo sempre uma mulher amante da vontade de Deus, assumir com muita resignação os sofrimentos, e assim bebeu as gotas amargas do cálice, ficando viúva e perdendo dois filhos e a terceira sofreu uma doença que ocasionou a surdez. Após ter ficado viúva se dedicou mais intensamente as obras de caridade e aos grupos da Igreja, sendo muito bem vista por várias autoridades eclesiais do tempo e sendo muitas vezes chamada para corrigir algumas regras.

O Cristo colocou fortemente no seu coração o desejo da fundação de uma nova família religiosa no seio da Igreja, ela ouvir a voz que saia do Crucifixo “De ti quero esta obra”. Cheia de respeito a esta voz e a Santa Igreja procurou o Papa Pio IX expondo a ele o acontecido, Ele reafirmando a aspiração de Deus disse que era preciso Rosa Gattorno cumprir a vontade de Deus e ainda profetizou que o “Instituto se estenderá rapidamente com o vôo da pomba em todas as partes do mundo. Deus pensará nos teus filhos, tu pensas em Deus e na sua obra.”

Assim com a benção do Santo Padre e cheia de desejo de realizar o plano de amor em sua vida, Rosa Gattorno inicia juntamente com algumas companheiras em Piaceza a fundação da obra de Deus e no dia 8 de dezembro 1866 na festa da Imaculada se torna as data oficial da fundação das Filhas de Sant’Ana, o instituto recebe o nome da Mãe de Deus, mulher que resume toda a esperança do resto de Israel e da esperança do povo que permaneceu fiel a aliança, a própria Sant’Ana aparece juntamente com Maria e São Francisco à Madre Rosa indicando o nome que o Instituo deveriareceber, fortalecendo a benevolência de Deus para com esta família.

Confirmando a profecia do papa pio IX a o instituto da Filhas de Sant’Ana cresceu rapidamente, elas foram as mulheres que fortemente encaram o cuidado aos enfermos de cólera, chegaram muitas vezes a perderem a vida pela saúde dos doente, mulheres confiantes na providencia e sempre nutrindo um amor intimo ao Caro crucificado, a própria Madre Rosa em determinado momento de sua vida, vio Cristo caindo da cruz percebendo que a Cruz também era o lugar dela, ela devia assumir a cruz, encontrar no sofrimento as delicias do amor, e no enfermo a pessoa do Cristo.

Do sim de Madre Rosa surgiu também várias manifestações deste carisma, os Filhos de Sant’Ana homens que vivem a missão de revelar o rosto paterno de Deus, o Instituo Secular, o Movimento da Esperança e as Irmãs Contemplativas e ainda bebendo deste carisma temos vários jovens, adoradores leigos e tantos homens e mulheres que na profunda admiração a vida de Madre rosa querem seguir o Caro Crucificado.

No Brasil as Irmãs chegam no dia 27 de outubro de 1884, oriundas da Itália, desembarcavam em solo paraense as primeiras Filhas de Sant’Ana.

De forma bem concreta na Nossa Cidade de Natal as Filhas de Sant’Ana estão presente à 106 anos, vindo inicialmente em missão para o Hospital Miguel Couto, hoje hospital das clínicas, assumiram os serviços nos vários setores acompanhando todo o processo de desenvolvimento daquele ambiente hospitalar, de fato as filhas de Sant’Ana foram crucial no desenvolvimento da enfermagem na Cidade Natal, ajudaram muito em tantos hospitais tanto na pratica da enfermagem, como no conforto aos doentes. Ainda na cidade de Natal na maternidade JanuariaCicco assumiram a administração interna em 15 de fevereiro de 1950 e por muito tempo lá também dedicaram seu generoso trabalho. Em 1958 chegam para formarcomunidade noHospital do CâncerDr.Luiz Antônio e por 45 anos também dedicaram serviço generoso e gratuito.

Na Educação atuam no Centro EducacionalMaristella, levando não apenas uma formação pedagógico, mas também uma formação humana e cristão para formatar hoje na sociedade jovens com consciência crítica, moral e ética baseada nas virtudes do evangelho.

Em Extremoz também vivendo as alegrias do evangelho com as família, jovens e crianças as Filhas de Sant’Ana exercemserviços pastorais, despertando em tanto o ardor missionário de serviço e doação, como também marcam presença na administração da Escola Dona Silvana.

Personificando as virtudes cristãs a Beata Madre Rosa Gattorno é uma figura de notável caratê místico, todo amor ao Caro Crucificado era demostrado na forma de oblação e serviço aos irmãos.

Pilares do Carisma da Família de Sant’Ana.

Algumas Frases de Madre Rosa

“Amar e Sofre, bandeira do amor”

“Se tivesse ouro em minhas veias, derramaria gota por gota pelos pobres”

"A oração é a chave das graças; ela nos abre os tesouros do Senhor."

"Confiemos no Senhor e como a Obra é dele, tudo proverá."

"Agradeçamos ao Senhor por nos ter dado a graça de podermos apoiar nele as nossas esperanças."



ENQUETE
AGENDA
SERVIÇOS ONLINE

Rua Des. Régulo Tinoco, 1401 - Barro Vermelho, Natal-RN
CEP:59022-080 - Tel: (84) 3223-2871 - Fax: (84) 3213-1599
Todos os direitos reservados a Centro Educacioinal Maristella 2010